Os cupins são insetos sociais que causam grande ônus a sociedade humana, devido a suas características biológicas como seus hábitos alimentares, construção de trilhas e ninhos (conhecidos como colônias ou cupinzeiros).
A Sociedade dos cupins é dividida em castas onde cada uma é responsável por desempenhar uma determinada função na colônia.

Operários – responsáveis pelo trabalho da colônia como construção de trilhas, ninhos e obtenção de alimento para todo o cupinzeiro;

Soldados – responsáveis pela proteção da colônia contra ameaças externas;

Reprodutores Alados – responsavéis pela formação de novos cupinzeiros e propagação da espécie através das conhecidas revoadas;

Costa Real – é constituida pela Rainha e o Rei que têm a função reprodutora. A Rainha de uma colônia é o principal elemento de um cupinzeiro, merece especial atenção, pois ela é a “máquina reprodutora” da colônia, sendo a única capaz de colocar ovos e responsável pela manutenção do número de indivíduos da colônia e pelo crescimento populacional da mesma, que dependendo da espécie de cupim pode chegar a milhões de indivíduos.

Processo de descupinização
O tratamento de descupinização consiste na aplicação de cupinicida líquido, diluído em solventes orgânicos, através de bombas manuais de pressão ( 40 lb ). Pode ser feito por aspersão ou injeção, conforme o local a ser tratado e também do tipo de tratamento: curativo ou preventivo.